Destaque
Notícias
 

27/10/2014

Safra de cana deve ficar em 544 mi de t no Centro-Sul, prevê Canaplan

As usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil devem encerrar a safra 2014/2015 com um processamento de 544 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, de acordo com a nova estimativa da Canaplan, divulgada nesta quarta-feira (22/10), durante a segunda reunião da consultoria, este ano, em Ribeirão Preto (SP).

O volume moído representará uma queda de 8,87% sobre as 596,94 milhões de t processadas na safra passada e ficará praticamente na meta de 540 milhões de toneladas estimadas pela Canaplan no primeiro encontro deste ano, em abril. À época, a consultoria previu ainda que o processamento variaria de 525 milhões de toneladas a 555 milhões de toneladas em 2014/15. Segundo o sócio-diretor consultoria, Luiz Carlos Corrêa Carvalho, o processamento dessa cana deve proporcionar um total entre 73,5 milhões e 74,2 milhões de toneladas de Açúcar Total Recuperável (ATR) e a grande mudança durante a safra será o mix de destino da matéria prima.

A Canaplan reduziu de 45,2% para 43% o destino da cana para a produção do açúcar e ampliou de 54,8% para 57% o do etanol. "A queda nos preços do açúcar fez com que o etanol fosse priorizado", disse Carvalho. A produção de etanol deve variar de 25,57 bilhões de litros, na safra 2013/14 para entre 24,7 bilhões e 25 bilhões de litros na atual safra, ante uma estimativa anterior de 23,7 bilhões de litros feita em abril.

Já a produção de açúcar deve sair de 34,29 milhões para 30,8 milhões de toneladas entre as safras, segundo estimativa da consultoria. Na primeira projeção, a Canaplan esperava uma produção de 31,8 milhões de toneladas de açúcar. Se confirmadas as previsões, a queda produção de etanol será até 2,7% e a de açúcar deve diminuir em 10,2% entre as safras.

Fonte: www.portaldoagronegocio.com.br

 
 
 
Home | Institucional | Serviços | Notícias | Agenda | Trabalhe Conosco | Clientes | Parceiros | Fale Conosco
Todos os Direitos Autorais Reservados à AgroField Centro Oeste