Destaque
Notícias
 

06/07/2015

Chuva deve reduzir produtividade da cana em SP, avalia Canaplan

As precipitações neste início de mês em áreas produtoras do Centro-Sul do País tendem a reduzir a produtividade dos canaviais, especialmente em São Paulo, de acordo o sócio-diretor da consultoria Canaplan, Luiz Carlos Corrêa Carvalho.

"A cana está florada. Depois dessas chuvas, quando voltar o sol, os brotos irão se alimentar do açúcar, diminuindo a qualidade da planta", afirmou em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado.

Conforme boletim da Climatempo, duas frentes frias devem passar pela principal região produtora do País. Só em São Paulo, pode chover de 90 mm a 110 mm nas faixas leste, sul e oeste e no centro do Estado até domingo. Volume semelhante é esperado para o Paraná, com temperaturas em queda. Em Minas Gerais, deverá chover menos, mas ainda assim são esperados 80 mm para algumas áreas produtoras.

Também presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Corrêa Carvalho acrescenta que essas precipitações devem atrasar a moagem de cana, considerando que a colheita é cada vez mais mecanizada. "Pode ser que a safra se estenda até dezembro e até que sobre cana bisada", destacou, em referência à matéria-prima que fica em pé no campo para ser processada no ciclo seguinte.

Além disso, "com a queda de produtividade, as usinas terão de moer mais cana para produzir a mesma quantidade (de açúcar e etanol), o que é mais caro", concluiu. A safra 2015/16 no Centro-Sul do País teve início em abril. Pelas projeções da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), devem ser processados 590 milhões de toneladas na temporada, alta de 3,3% ante 2014/15.

Fonte: www.novacana.com
 
 
 
Home | Institucional | Serviços | Notícias | Agenda | Trabalhe Conosco | Clientes | Parceiros | Fale Conosco
Todos os Direitos Autorais Reservados à AgroField Centro Oeste